Ubuntu Para Iniciantes

FORMATAR E PARTICIONAR HD NO LINUX UBUNTU

O Ubuntu e todas as outras distribuições Linux possuem várias ferramentas para auxiliar em diversas tarefas com o HD e formatar é uma das tarefas que as vezes mais assustam o usuários iniciantes.

E na verdade deve-se ter cuidado mesmo quando a tarefa que se envolve é formatar um HD, seja em um ambiente Linux ou em qualquer outro sistema operacional, uma decisão equivocada poderá causar alguns problemas, como por exemplo, recuperação de arquivos.

O que você verá nesta postagem sobre formatar HD:
  • O que são partições
  • Porque formatar um HD
  • Conhecendo a ferramenta Gparted

O QUE SÃO PARTIÇÕES EM UM HD OU DISCO RÍGIDO?

Todos os componentes de um computador são importantes, e funcionam como um organismo, onde cada circuíto faz diferença quanto ao seu desempenho. A tecnologia vem evoluído muito e cada vez mais temos componentes eletrônicos mais potentes e de maior qualidade.

O HD (Hard Disc) ou simplesmente disco rígido é um dos elementos mais importantes, juntamente com o processador e as memórias, em uma junção com todos os outros componentes temos o sistema computacional.

O papel do HD é portanto armazenar todos os dados do usuário e também de um sistema operacional. Até então, todos os computadores pessoais, notebooks, netbooks e tablets possuem esta unidade de armazenamento.


unidades de disco rigido ou hd

O disco rígido portanto é uma das peças fundamentais dentro de um computador e saber lidar com ele ou ter um conhecimento básico do seu funcionamento ajudará a entender e reconhecer certos problemas.

É também no disco rígido que se encontra a MBR (Master Boot Record) que gerencia a tabela de partições do HD. Existem casos em que esta tabela é "perdida" e é necessário "reconstruir".

A MBR também reconhecerá as partições do HD como sendo unidades de disco, como se houvesse duas ou mais unidades em seu computador. E isso independe de sistema operacional.

As partições são como divisões, divisões lógicas que permite que o sistema operacional reconheça estas divisões como sendo um outro HD conectado.

COMO O LINUX RECONHECE AS UNIDADES DE DISCO?

Caso você seja um usuário do Windows sabe que este sistema operacional reconhece as unidades de disco presente no sistema por reconhecimento de letras, sendo a unidade C:\ representante do disco rígido, o HD.

Consequentemente se você também tiver mais de um HD conectado em sua placa mãe, assim também como as unidades de CD-Rom, também receberão reconhecimento por letras. Exemplificando, um outro HD poderia ser a unidade D:\ e a unidade de CD-Rom poderia ser a unidade E:\

No entanto dentro do ambiente Linux, portanto no Ubuntu também, as unidades de disco são reconhecidas de forma diferente.

As formas representativas a seguir estão baseadas em distribuições baseadas no Ubuntu, outras distribuições podem seguir o mesmo padrão.

Vejamos então estas representações, porém, antes de continuar tenha em mente que a maioria das distribuições faz uma distinção na nomenclatura entre HD do tipo IDE, SCSI e SATA.

Quando por exemplo seu HD for do tipo IDE, que já não estão tão comum no mercado, o Ubuntu irá reconhecer desta forma:

Suponha que você tenha apenas um HD, sem partição, então a unidade de disco será: hda.

Para entender melhor, o inicio com as letras "hd" indicam que é um HD do tipo IDE e a letra "a" indica que é a primeira unidade de disco localizada.

Agora suponha que você tenha dois HDs ou simplesmente uma única unidade de disco porém com duas partições, então os sistema irá apresentar da seguinte forma:

HD Representação IDE
1 partição hda ou hd1
2 partição hdb ou hd2
3 partição hdc ou hd3


A lista que está acima está se baseando em uma sequencia de representações caso um HD seja IDE, perceba também que além de uma representação alfabética, pode ser também que seja representado por uma sequencia numérica.

Suponha então que seu disco não seja um IDE e sim um SCSI ou SATA, então sua tabela de reconhecimento poderá ser algo como:


HD Representação SATA
1 partição sda1
2 partição sdb2
3 partição sdc3


Deve-se ter em mente que os sistemas operacionais Linux "montam" suas unidades de discos e armazenam esta montagem como se fossem arquivos, atualmente esta montagem são criadas no diretório /dev.

Você pode listas as suas partições montadas usando o comando fdisk no terminal.

Abra o terminal com o comando CTRL+T e digite ou copie e cole:

~$sudo fdisk -l

Ao executar este comando será listado as representações existente em seu sistema, como apresentado na tabela abaixo:

Dispositivo
Inicializar
Start
Fim
Setores
Size
Id
Tipo
/dev/sda1
*
2048
  19531775  
19529728   
9,3G
82
Linux swap /sopa
/dev/sda2

19533822
976771071
957237250
456,5G
5
Estendida
/dev/sda5

19533824
976771071
957237248
456,5G
83
Linux

Não se preocupe se você executar o comando e for apresentado algo de forma diferente, pois isso vai depender de como o seus sistema está reconhecendo as unidades de disco e o tamanho.

PORQUE FORMATAMOS O HD?

O processo de formatação é feito com a intenção de dar uma "identidade" ao HD, justamente para que o sistema operacional possa reconhecer a unidade de disco. Não é um mero recurso de "apagar os dados".

Na formatação por exemplo você poderá definir qual é o sistema de arquivos que será reconhecido pelo sistema. No caso do Windows por exemplo, até a versão 98, o sistema de arquivos era do tipo FAT32. Com o advento do Windows XP o padrão adotado passou a ser o NTFS.

Os sistemas de arquivos, em resumo, gerencia os arquivos a alocação dos seus arquivos no HD, como documentos de texto, arquivos de músicas ou vídeos. O tipo de sistema de arquivos escolhido também agiliza a localização dos arquivos no disco.

Particularmente eu gosto de formatar meu HD sempre que eu instalo uma nova versão do Ubuntu, isso porque eu não atualizo simplesmente a versão, mas sim faço uma nova instalação.

CRIAR PARTIÇÕES E FORMATAR O HD COM O GPARTED

Há várias formas de formatar e particionar seu HD, no entanto o Gtparted é uma ferramenta simples de usar e muito eficiente.

Um dos motivos para que você queira formatar seu disco rígido é querer ter dois sistemas operacionais, como por exemplo o Windows e uma distribuição Linux, o Ubuntu, por exemplo.

Portanto, se este for o caso, sempre instale o Windows em primeiro lugar antes de sua distro Linux.

Para que você possa instalar o Gparted, vá até o terminal e digite o seguinte comando:

~$sudo aptitude install gparted

caso você não tenha o aptitude instalado, você pode usar o apt-get:

~$sudo apt-get install gparted

Após instalado você pode localizar o Gparted usando o Dash, e para executa-lo, será necessário de sua senha de super usuário, por se tratar de um software que irá ter acesso ao seu HD.


Na figura acima, além dos menus, temos 3 indicações representativas importantes:

Número 1: lista as unidades de discos presente
Número 2: Mostra o espaço usado e livre graficamente do HD
Número 3: Lista as partições que o HD contém, o mesmo que o comando fdisk -l

Vou conectar um HD externo e vou mostra como é simples realizar uma formatação de um disco rígido usando o Gparted.

Ao colocar um outro disco o GParted irá fazer leitura dos dispositivos e irá listar um novo dispositivo que tenha sido acoplado, quando executá-lo.

selecionar uniade de disco com o gparated no ubuntu

Veja que na imagem acima as unidades de discos são listadas e agora uma outra referência é apresentada como sdb, esta unidade é o HD externo que eu conectei na entrada USB do meu notebook.  No momento eu estou usando o Ubuntu 16.04.

Agora irei selecionar a unidade de disco sdb, veja o resultado na imagem abaixo:

unidade de disco reconhecida no gparted

O Gparted reconheceu a unidade de disco externa e listou como sendo sdb1, pois não há nenhuma outra partição presente neste HD que foi conectado. O HD conectado possui um espaço de 300 GB.

Este HD já foi formatado e está com o sistema de arquivos ext4. Para você formatar uma unidade de disco no aplicativo, basta você clicar com o botão direito da unidade, ir até a opção Formatar e escolher em uma lista qual será sistema de arquivos será formatado.

Suponha que eu fosse agora instalar uma distribuição Linux, podendo ser o Ubuntu ou não. Por padrão então eu devo escolher uma partição de troca, este tipo de partição é chamada de SWAP, e você é obrigado a criar antes de instalar uma distro no seu HD.

A Swap, resumidamente, irá servir como uma espécie de memória virtual para o sistema operacional.

Porém, para eu fazer isso, será necessário excluir esta unidade e definir as partições e o ponto de montagem do sistema. Preste atenção, só estou trabalhando no HD externo.

Então vamos aos passo para excluir e criar as partições:

#1 PASSO EXCLUINDO A PARTIÇÃO

Clique com o botão direito do mouse na partição que deseja excluir, ao abrir a lista de opções, selecione Excluir.

excluir unidade de disco com gparted no ubuntu
Feito a exclusão, você não verá na lista mais a presença de uma unidade na lista, no entanto para que a operação de exclusão tenha efeito, é necessário que seja confirmada a ação de exclusão. É necessário clicar no ícone verde que fica na barra de ferramentas do Gparted, como na imagem logo abaixo:
aplicar e confirmar a exclusao da unidade de disco
Esta operação define que realmente você deseja excluir a unidade de disco selecionada. Irá aparecer uma mensagem e você deverá confirmar.
Agora será necessário criar a partição que desejamos, neste caso em primeiro lugar, vamos definir então a swap. 

#2 PASSO CRIAR A PARTIÇÃO SWAP

Para criar então uma nova partição será necessário clicar no primeiro ícone com o sinal de positivo na barra de ferramentas do Gparted. Conforme está na imagem abaixo:

adicionar uma nova particao no hd com o gparted

Ao clicar no ícone correspondente para Criar uma nova partição, será aberto uma nova janela, nesta janela há as opções necessárias para criarmos nossa primeira partição no HD.
Nesta segunda janela, na opção onde diz Sistema de arquivos, clique para abrir as opções, iremos selecionar a opção  Linux-swap. Será necessário também definir o tamanho desta partição. É recomendado que se utilize o dobro de memória ram que há no computador. Particularmente eu gosto de deixar 10% do HD, então eu vou deixar um espaço de 30GB.

Para definir um tamanho para a partição você pode digitar, ao invés de usar as setas. Veja na imagem abaixo as alterações feitas:



Ao fazer as modificações, que você observa na imagem acima, é necessário, clicar no botão Adicionar  e posteriormente clicar no ícone de Aplicar na barra de ferramentas. 

Ao realizar as operações acima descrita você deverá ter uma visão semelhante a imagem apresentada abaixo:
particao swap com gparted no linux ubuntu

Seguindo os passos acima, resta agora criar a partição que será o ponto de montagem. 

#3 PASSO CRIANDO PARTIÇÃO DE INSTALAÇÃO

Os passos para criar esta nova partição é semelhante ao processo anterior. O que você deverá fazer é clicar no ícone de Criar partição na barra de ferramentas. Logo em seguida selecionar o tipo de sistema de arquivos que deseja. Neste caso vou escolher a opção ext4.

Observe a imagem abaixo para entender melhor, perceba que as operações se dão na mesma janela anteriormente, para criar a swap.


Após clicar no botão Adicionar, clique no ícone de Aplicar na barra de ferramentas para que as alterações sejam efetuadas e seja gravado que uma nova partição foi criada.

Ao efetuar os passos para criar a partição o resultado deverá ser algo semelhante a imagem abaixo, contendo duas partições, uma SWAP e outra com o sistema de arquivos EXT4.

particoes criadas com gparted no linux ubuntu

Pronto, agora termos um HD formatado com o Gparted, uma partição Swap e uma partição para instalação do sistema operacional, no caso o Ubuntu ou até mesmo outra distribuição Linux.

Não há muito segredo em usar este aplicativo, o que é necessário é saber realmente qual é o disco em que você está efetuando as alterações.

E caso você deseja ainda é possível criar outras partições, basta excluir esta nova partição ext4 e definir um tamanho menor para ela, ou mesmo dimensionar esta partição, mas isto fica para a próxima. 

Você também poderá gosta de ver estas outras postagens:
Windows e Linux no mesmo disco rígido
Alterar a ordem de boot com o Grub
Fugir da pirataria, usar software livre
Melhor distribuição Linux para iniciantes
Programas para instalar no Ubuntu

Obrigado por sua vista, espero que tenha gostado desta postagem aqui no Ubuntu Para Iniciantes, seja sempre bem vindo. Por favor, deixe seu comentário logo abaixo, suas críticas e sugestões são sempre bem vindas. Se preferir, assine também nossa lista e receba as atualizações do Blog na sua caixa de entrada. Um brande abraços.

Caso você deseja saber mais informações sobre o HD, diferentes tipos e funcionamento, acesse algumas fontes que foram úteis para a redação desta postagem.

Fontes:
http://pcleon.if.ufrgs.br/~leon/Livro_3_ed/node24.html (hd)
http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2015/01/saiba-quais-sao-os-componentes-de-um-disco-rigido-e-como-ele-funciona.html (mais sobre hd)
http://www.explicafacil.com.br/notebook/tipos-de-hd-para-notebook-hdd-ssd/51 (tipos de hd)
http://www.infowester.com/hd.php (tipos de hd)
http://www.clubedohardware.com.br/dicionario/termo/mbr/155 (MBR)

FORMATAR E PARTICIONAR HD NO LINUX UBUNTU Reviewed by Ubuntu para Iniciantes Marcelo Weihmayr on 20:10:00 Rating: 5

Nenhum comentário :

Olá, faça seu comentário com sugestões, dicas ou críticas

Powered By Blogger , Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Marcelo Weihmayr. Tecnologia do Blogger.