Ubuntu Para Iniciantes

FUGIR DA PIRATARIA - SOFTWARE LIVRE

A pirataria parece que é algo cultural em nossa pátria amada. É desde chaves e chaves para se quebrar senhas até a tal sky-gato. E em se tratando de licenças de software, sempre tem aquele jeito para se conseguir fazer aquele programinha "rodar" no computador...Windows.


Este foi um dos motivos pelo qual a quase dez anos aderi definitivamente o mundo do Sotware Livre, fugir da pirataria e procurar também mostrar para meus alunos, que existe sim, meios para que se possa ter programas de boa qualidade e de graça.

Veja, não estou aqui questionando a qualidade deste ou daquele software, falo sim do Windows, mas não porque o considero o pior em tudo, mas também não é o melhor. Enfim, faço referência ao Windows por ele ainda ser utilizado pela a maioria dos usuários. 

Eu já usei o Windows, claro, na verdade eu aprendi a fazer tarefas no computador com o Windows 3.11, que na verdade na época nem era um sistema operacional e sim um gerenciador de tarefas que utilizava o MS DOS.

Trabalhei também como instrutor de informática um bom tempo, mas me responda, o que a maioria das escolas de informática ensinavam ou ensinam hoje? Exato, o Windows.

Não se ensina bases conceituais, como por exemplo, todo o sistema operacional tem um navegador de arquivos, um navegador de internet, um pacote contendo editor de texto, de apresentação multimídia e uma planilha de cálculo, ao contrário, ensina-se a operar um único sistema operacional, Windows. 

E isso acarretou em algo simples e satisfatório para os elementos de consumo e mercadológico, a dependência de um produto. E um produto caro. E o investimento para ter um computador instalado com o Windows, o Office e porque não o Corel.

E como manter um simples Desktop era algo custoso, a saída da maioria dos usuários era apelar para a pirataria. E este jeitinho malandro tornou-se algo comum em toda a sociedade. E porque? Bem, é outra pergunta fácil de se responder. Imagine que o sujeito comprou seu desktop zerado, potente com recursos de multimídia no teclado, Windows original. 

Seis meses depois ou mesmo antes disso, percebia seus sistema lento, janelas travando, o computador desligando sozinho, dava sangue nos "zoio". Chegou então, a hora de formatar, ao passo que a maioria dos usuários levam para o seu técnico de confiança. 

Ótimo, e lá vai mais uma "graninha". Mas tudo bem, depois de no máximo 3 dias, você já estava com tudo arrumadinho e instalado de novo, pronto para o uso. Mas de repente você percebeu que o Windows começou a lhe dar alguns avisos que não recebia antes, algo como "Você pode ter sido vítima de fraude". Ou quando você acessou o MS-Word, editor de texto do pacote Office, e se deparou com uma barra vermelha no topo. E tudo isso pelo simples fato, de que o técnico, não fez o serviço direitinho, não bloqueou as atualizações do Windows e fez o chaveamento do Office adequadamente. 

E ai nos acostumamos, a pirataria passa a ser algo, simples e comum na sociedade. Coisa sem importância. Assim como plágio de trabalho escolares e acadêmicos, cópia de peças automobilísticas e por ai vai. Ah, todo mundo faz. Mas isto ainda não é o pior, vou dizer o que considero o mais complicado disso. 

O sujeito sabe que tem softwares piratas, sabe que tem um sky-gato em casa, sabe que entregou boa parte dos seus trabalhos copiados da internet, ai ele chega no Facebook e coloca "VAMOS ACABAR COM A CORRUPÇÃO", e ganha um monte de likes, #epracaba!

Se já usei software pirata? A resposta é sim. já usei, porém a medida que fui conhecendo outras possibilidades viáveis abandonei por completo o uso do Windows "Caolho". O motivo que me levou principalmente a usar software não legais é basicamente o mesmo motivo da maioria dos usuários, o fator financeiro. Acredite, o Windows já custou bem mais caro do que é hoje. 

Isso tudo está sendo falado de apenas um simples usuário, mas pense em uma escola de informática ou mesmo uma empresa com 5, 10 ou 20 computadores. 

Fazendo uma pesquisa rápida encontrei estes valores para uma máquina desktop comum:


*os valores abaixo foram coletados em links confiáveis em janeiro de 2016.


Total _________________________________________R$ 1646,99
Suponha que você ainda queira instalar um Photoshop e um Corel Draw:

Corel Draw___________________________ R$ 2.399,00
Photoshop Elements CS5 ________________R$    655,50

Total _________________________________________R$ 3054,50

Total Geral_____________________________________R$ R$ 4.701,49

Somando todos os valores acima, desconsiderando o hardware (pc/notebook) o total será de R$ 4.701,49 para que se tenha tudo legalizado, claro, estes valores irão variar de acordo com a necessidade.

São excelentes softwares e produtivos também. Se a pessoa quer investir em Desktop porque não? 

SOFTWARE LIVRE - PRODUTIVIDADE E LIBERDADE FREE

Usar software livre não é só uma questão de recurso financeiro, mas é mostrar que existe uma realidade fora de um conceito proprietário e até mesmo capitalista, onde há o monopólio do uso de determinada patente. 

software-livre-open-source-codigo-aberto-contra-a-pirataria

Existe uma quantidade considerável de softwares disponível, distribuídos a custo zero para toda a comunidade. E o mais impressionante é que estes softwares não são apensas executados em plataformas livres como o Ubuntu, o Degian, OpenSuse entre outros, um usuário por exemplo pode ter um sistema operacional proprietário, como o Windows e ter o LibreOffice, o Firefox ou o Gimp instalado funcionando satisfatoriamente.  
  
Este é o grande negócio do software, liberdade. Tendo a possibilidade de atingir todos os usuários. A um pouco mais de 10 anos, falar de Linux ou software livre era motivo de piada.  

O que se precisa entender também, é que software livre não significa simplesmente software de graça. É uma ideologia onde o conhecimento deve e pode ser compartilhado simplesmente com a intenção de contribuir com a sociedade.  

Não significa que que produzir software livre e distribua de graça não se ganhe dinheiro com isso. Se caso assim fosse o próprio Linus Torvalds estaria mendigando nos dias de hoje. O fato que ele criou um núcleo de um sistema operacional que hoje movimenta milhões em todo o mundo. 


Veja aqui, caso não saiba quem é Linus Torvalds.

O problema do software proprietário é que os milhões que se arrecada, acaba indo para uma parcela muito pequena. Com o software livre todos ganham e pirataria perde juntamente com o do egoismo do ser humano. 

PIRATARIA - PROTEÇÃO DE AUTORIA

As formas de corrupção estão tão comuns que as pessoas falam abertamente com naturalidade como se fosse algo normal, comum na sociedade. Justificamos nossos erros pelos erros alheio. 


Incentivo a pirataria, pirataria e crime


Abaixo está o primeiro parágrafo da LEI 10.695 sobre a proteção de direitos autorais.


Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente...


Veja aqui na Lei 10.695  se quiser saber mais sobre a lei que define a prática de "pirataria". 

Vale ressaltar algo muito interessante, e que vale a pena refletir sobre este tema. Quando se consegue uma maneira de se burlar a lei para benefício próprio vale o risco. No entanto quando esta mesma pessoa, sente-se lesada pelo mesmo motivo, ai é crime.

E volto a dizer, a população inteira se sente indignada com a corrupção, mas comete delitos ao seu favor, ai não cola.

E em se tratando no mundo da Tecnologia da Informação, não é diferente. Há aqueles que se vendem por pouco, a chamada prostituição do profissional, que desmerece o trabalho de quem investiu em conhecimento e aprimoramento para ofertar um serviço de qualidade.

Bem, seja lá o que for, no campo social ou profissional, crime é crime. Precisamos mudar a cultura do "o mundo é dos espertos".

SOFTWARE - O OUTRO LADO DA MOEDA



software o outro lado da moeda

Isto é outro ponto importante, é fato que a tecnologia da informação é um dos ramos do conhecimento cientifico que mais evolui, no mundo todo há pessoas pesquisando e criando novos meios de colaborar com a sociedade com o uso da computação. 

No entanto as vezes tenho a impressão que determinadas agências de desenvolvimento, sem citar nomes, acabam atrelando softwares ao hardware, o que faz com que o usuário sempre necessite de um upgrade geral de hardware/software para ter os "novos recursos" que as vezes nem valiam tanto a pena assim. 

Este tipo de ação mercadológica "escraviza" o usuário, que continha gastando de tempos em tempos para ter seus serviços atualizados. 

Isto é sim um outro ponto positivo do software livre, onde as comunidades de desenvolvimento se preocupam em estar sempre buscando meios de otimizar o software para que tenha uma maior aproveitamento possível do hardware. 

Esta realidade, custo do software proprietário versus custo de novos hardwares pode ser um dos fatores que façam com que muitas pessoas se valham da ilegalidade para usufruir de algum tipo de software. 

Todas estas questões são muito complexas e exige uma mudança de comportamento social e a partir dai podemos também fazer parte de algumas regras deste grande jogo no mundo dos negócios, porque no fim é isto mesmo, um grande negócio. E por ser assim, temos que aprender a perder menos, mas sem burlar as regras do jogo. 

Se você gostou deixe seu comentário, se não gostou deixe também. Um grande abraço.

Acesse aqui alguns casos de sucesso no uso de software livre. É possível ganhar dinheiro de forma digna usando sistemas open source
FUGIR DA PIRATARIA - SOFTWARE LIVRE Reviewed by Ubuntu para Iniciantes Marcelo Weihmayr on 15:08:00 Rating: 5

Nenhum comentário :

Olá, faça seu comentário com sugestões, dicas ou críticas

Powered By Blogger , Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Marcelo Weihmayr. Tecnologia do Blogger.